Política News TV

domingo, 6 de agosto de 2017

O Brasil se suicidando...e segue a Farsa...



O Brasil segue se suicidando. Ou sendo suicidado. Há um ano, em nome do combate à corrupção, corruptos tomaram o Poder. Foi, como se viu, se vê e se vive, uma Farsa.

Não se duvide das boas intenções de muitos que à época manifestaram. Mas não se duvide, também, da ingenuidade. E da hipocrisia e cinismo. 

Resta agora ressentimento, perplexidade, desencanto... E silêncio. Por constrangimento, vergonha, ou cumplicidade.

Na quarta-feira, 2, a Câmara tem denúncia para julgar, contra Temer. Que, para tentar salvar-se, só com deputados e emendas já torrou R$ 4 bilhões.

Seguem manchetes e comemorações sobre Lava Jato e combate à corrupção -a passada. E seguem governo e ministros - do presente - atolados em denúncias de corrupção.

Um ano depois do impeachment, três anos de Lava Jato, e o procurador Carlos Fernando, candidamente, admite e diz:

-Muitos queriam o fim do governo Dilma, e não da corrupção...

...Isso enquanto a Polícia Federal cobra: falhas nas delações da Odebrecht, acordo esse feito por procuradores, dificultam a obtenção de provas.

Provas têm sido vistas como mero detalhe. À Folha o juiz Moro defendeu o uso de “provas indiretas” no caso Lula. Leia-se: condenação sem a existência de prova cabal.

Isso enquanto o silêncio vai enterrando notícia cabal: quatro meses depois de já ser ministro da Fazenda, Meirelles recebeu R$ 50 milhões em contas no exterior.

Parte disso pagos por Joesley Batista.Temer, Chefe de Meirelles, diz que Joesley é “bandido notório”. Joesley diz que Temer é Chefe de “organização criminosa”.

E segue o silêncio... Porque o tal “Mercado”, suas vozes, porta-vozes e manchetes não querem riscos para o dinheiro grande.

Só 10 das empresas citadas na Lava Jato demitiram mais de 600 mil funcionários ou terceirizados. Na chamada “cadeia de petróleo e gás” sumiram 3 milhões de empregos... 

...Mas qualquer observação a respeito será vista como “oposição à Lava Jato”.

Os que tomaram o Poder precisam mantê-lo, a a qualquer custo, após 2018. Eleição ainda sem regras. E sem projeto algum para o país, que segue sendo suicidado.

Fazer Busca...

Luiz Inácio Lula da Silva 35.º presidente do Brasil Mandato 1º de janeiro de 2003 até 1º de janeiro de 2011 Vice-presidente José Alencar Precedido por Fernando Henrique Cardoso Sucedido por Dilma Rousseff Deputado federal por São Paulo Mandato 15 de março de 1987 até 15 de março de 1989 Nascido em 27 de outubro de 1945 (65 anos) Caetés, Pernambuco Nome de nascimento Luiz Inácio da Silva Nacionalidade Brasileiro Prêmio(s) Félix Houphouët-Boigny da Paz Partido político Partido dos Trabalhadores Cônjuge Maria de Lurdes (1969–1971) Marisa Letícia (1974-presente) Filhos Marcos Cláudio Lurian Lula da Silva Fábio Luís Sandro Luís Luís Claúdio Residência São Bernardo do Campo, SP Profissão Político, ex-metalúrgico e ex-sindicalista Religião Católico romano Website Presidência da República Federativa do Brasil fonte:wikipédia

Arquivo do blog

Seguidores