Política News TV

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Datafolha diz que Lula cresce e lidera primeiro e segundo turnos das eleições 2018 – Politica



A preferência do eleitorado brasileiro pelo ex-presidente Lula não para de crescer! Em prévia de pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (30), Lula tem ao menos 35% das intenções de voto nos cenários testados.

Lula cresceu 5 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, divulgada em junho, mas conquistou outro importante marco a um ano das eleições de 2018: é a primeira vez que, quando avaliado um possível segundo turno, Lula supera todos os virtuais adversários.

No levantamento anterior, o ex-presidente aparecia em empate técnico se fosse ao segundo turno com Marina Silva (Rede). Nos últimos três meses, contudo, ampliou a liderança e apresenta, nas palavras da própria “Folha de S.Paulo”, “vantagem significativa sobre os principais adversários”.

No primeiro turno, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) e a ex-senadora Marina Silva (Rede), se candidatos, empatariam em segundo lugar com entre 16% e 17% e entre 13% e 14%, respectivamente.

Entre os tucanos, o governador paulista, Geraldo Alckmin, e o prefeito de São Paulo, João Doria, alcançam apenas 8% – apesar das viagens do último por todo o país.

A notícia chega dias depois do levantamento FSBInfluênciaPresidenciáveis apontar que Lula é o virtual presidenciável mais influente nas redes sociais no último mês, seguido por Bolsonaro e Doria.

Alavancado pela caravana Lula pelo Brasil, que mostrou o legado e os resultados palpáveis dos governos petistas nos estados do Nordeste, o ex-presidente conseguiu 34,6% do total de interações entre os 17 possíveis candidatos estudados.

Em todos os cenários previstos pelo Datafolha, fica clara a preferência dos trabalhadores e trabalhadoras, que reconhecem o trabalho e a honestidade de quem mais fez pelos que mais precisam e que pode voltar a fazer.

Nem os ataques políticos e midiáticos diários conseguem ocultar o que o povo sente na pele: a diferença entre quem governa com o coração e os olhos voltados para as pessoas e um grupo de golpistas que atacam nossas conquistas e direitos diariamente.

Da Redação da Agência PT de Notícias 


Fonte: Datafolha: Lula cresce e lidera primeiro e segundo turnos | Partido dos Trabalhadores

terça-feira, 3 de outubro de 2017

#InvestiguemTemer é o assunto mais comentado do Twitter | Redes Sociais



A mobilização virtual em torno da votação da denúncia contra o golpista Michel Temer por corrupção levou ao primeiro lugar dos Trending Topics, os assuntos mais comentados do Twitter, a campanha #InvestiguemTemer.

A mobilização que começou já no inicio da manhã de quarta reúne notícias de atos, mobilizações, e é usada como forma de pressionar os deputados a votarem contra Temer. Os deputados da bancada do PT também aderiram à campanha, e estão ativamente utilizando suas redes sociais para fornecer a cobertura completa do que acontece no plenário mostrando a versão real dos fatos.



Entre os assuntos mais comentados do mundo na rede social, também está #ForaTemer. 


 Fonte: #InvestiguemTemer é o assunto mais comentado do Twitter | Partido dos Trabalhadores

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Ex-Jornalista da Rede Globo se lança candidata à Presidência da República





— Você acha que a política não tem mais jeito. E aí? Vai deixar nas mãos dos bandidos, dos amigos, dos herdeiros deles?



E convida:



— Vem fazer ativismo político comigo. Sou pré-candidata à Presidência...da República. É sério.



Não antecipa sua plataforma ou suas alianças.



Em conversa com um interlocutor, não se assume liberal ou estatizante na economia. "Mas sei que um país não pode ser governador como uma empresa".



Afirma que tem conversado com algumas pessoas sobre políticas públicas, "gente ao meu redor, mas ninguém conhecido".



E completa:





— Não tenho experiência política. Mas estou me lançando para ver a receptividade.



Valeria Monteiro anunciou que pretende se candidatar à Presidência da República nas eleições de 2018. Distante da televisão desde que apresentou um especial no canal Viva, a jornalista foi a primeira mulher a apresentar o Jornal Nacional, no ano de 1992. 

Em um primeiro momento, ela tem a ideia de fazer uma campanha independente como ativista política. A jornalista diz que está em conversa com alguns partidos, mas que ainda é cedo para escolher uma legenda - o prazo para filiação de candidatos ao Planalto é até abril.

Um dos principais temas alvo de sua preocupação é a corrupção sistêmica somada e o desinteresse dos políticos "por aqueles que deveriam representar". Para ela, a descrença que se tem pela classe política é a sentença ao empobrecimento enquanto nação.

Sobre a falta de experiência, ela diz que espera que a sua independência possa ganhar força perante os eleitores. "Sou inexperiente, mas aprendo rápido".

A ex-apresentadora também é crítica ao atual presidente Michel Temer, que pode não ter dado um golpe, mas governa sem legitimidade.

Aos 50 anos, Valeria Monteiro, além do Jornal Nacional, apresentou o Fantástico, Jornal Hoje e o RJTV. Nos Estados Unidos, onde foi morar após deixar a emissora carioca, trabalhou na WNBC, da NBC em Nova York, e pelo canal Bloomberg. Ela voltou ao Brasil em 2002 e tem uma produtora em Campinas. 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Piores Momentos Segundo Depoimento do "Gula a Moro"


O depoimento do ex-presidente Lula rendeu muitos memes, mas nenhum é tão engraçado e fiel quanto de Alexandre Popertone que interpreta o "Gula".

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Em todas as regiões do estado lideranças estão engajadas no projeto político de Júlio Paschoal para 2018 – Eu Digo Sempre

Denise Palheta, influente liderança comunitária e religiosa, com forte atuação no Setor Coimbra, em Goiânia, está firme com Júlio Paschoal, pré-candidato a deputado estadual no ano que vem.
Assim como o vereador Magal, do PSDB, e Edevani, ambos de Araçu, estão também aliados com Júlio.
 
Assim como Débora Queiróz, de Niquelândia, liderança jovem do PSDB e secretária da Executiva do Conselho Estadual da Mulher.
 
São esses alguns exemplos da rede de apoio que Júlio Paschoal está formando, visando sua campanha, em 2018.

Em mais de 180 municípios, em todo o Estado, o tucano terá apoiadores, sendo jovens, empresários, lideranças políticas, comunitárias, religiosas, entre outras.
 

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Ética, Educação e Solidariedade

Por iniciativa do Sr Gilson Menezes, o Caroço, do Setor Pedro será organizado uma ação que tem como tema Ética, Educação e Solidariedade.

Estamos finalizando o planejamento com quatro escolas, onde serão doadas 4 bicicletas para que cada escola premie os seus alunos nota 10 ou faça um sorteio entre os alunos (critérios estão sendo definidos por cada escola) para incentivar a educação.

Também esta sendo definido uma instituição da nossa região que cuida de crianças ou idosos para receber alimentos que serão captados através de eventos na Praça de Esportes do SPL nos próximos 3 meses e serão entregues em Dezembro.

Em breve te dou mais detalhes. Não é uma ação para criticar governos ou políticos e nem criminalizar a política de forma geral, mas tem o intuito de chamar atenção para o momento que vivemos e contribuir de alguma forma nos segmentos abordados.

Este ano é propício por não ser eleitoral. Em breve te passo maiores informações.



Visite o site: Ética, Educação e Solidariedade

terça-feira, 29 de agosto de 2017

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Traíra ao estilo Temer? João Doria revela sua verdadeira face a Alkimin. Eles já nem se falam – Eu Digo Sempre



Segundo a revista Veja, João doria já não esconde mais de ninguém que quer ser candidato a Presidente em 2018. Seu padrinho político, contra quem Doria dizia jamais competir pela indicação do partido, Geraldo Alkimin não pareceu surpreso com as notícias veiculadas nos principais veículos de imprensa de São Paulo.




"Oito meses separam os tempos de amor fraternal do momento mais tenso da relação entre criador e criatura. Galopando na corrida para a candidatura à Presidência da República em 2018 — Doria, nas coxias; Alckmin, abertamente —, eles hoje só conversam protocolarmente. Em reunião ocorrida há algumas semanas no Palácio dos Bandeirantes, com a presença de secretários e assessores, o prefeito pediu sutilmente ao governador uma conversa reservada. A resposta de Alckmin, menos sutil, foi que poderiam falar ali mesmo."
Fonte: Eles já nem se falam | VEJA.com

Fazer Busca...

Luiz Inácio Lula da Silva 35.º presidente do Brasil Mandato 1º de janeiro de 2003 até 1º de janeiro de 2011 Vice-presidente José Alencar Precedido por Fernando Henrique Cardoso Sucedido por Dilma Rousseff Deputado federal por São Paulo Mandato 15 de março de 1987 até 15 de março de 1989 Nascido em 27 de outubro de 1945 (65 anos) Caetés, Pernambuco Nome de nascimento Luiz Inácio da Silva Nacionalidade Brasileiro Prêmio(s) Félix Houphouët-Boigny da Paz Partido político Partido dos Trabalhadores Cônjuge Maria de Lurdes (1969–1971) Marisa Letícia (1974-presente) Filhos Marcos Cláudio Lurian Lula da Silva Fábio Luís Sandro Luís Luís Claúdio Residência São Bernardo do Campo, SP Profissão Político, ex-metalúrgico e ex-sindicalista Religião Católico romano Website Presidência da República Federativa do Brasil fonte:wikipédia

Arquivo do blog

Seguidores